[DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Ir em baixo

[DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Mensagem por Light em Ter Fev 27, 2018 7:40 pm


▬ Está uma rp do debut stage de Yin e Yang com a música Trouble Maker no canal MBC em uma quarta-feira. Essa é uma rp fechada, apenas os envolvidos e a administração poderão postar.
avatar
Admin
Idade :
19

Data de inscrição :
26/06/2017

Dinheiro :
‎₩ 264.184

Mensagens :
110

Imagem :

Ver perfil do usuário
Ficha do personagem
Nome Completo:
Empresa a qual pertence:
Grupo: https://k-avatars.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Mensagem por Choi Tae Yang em Seg Mar 05, 2018 9:19 pm

 
Tae Yang abriu novamente os olhos para a luz alva da manhã.

Mesmo que não tivesse o despertador programado para aquele dia, o jovem acordara cedo como de praxe, levantando-se por puro costume; levara alguns minutos para perceber que aquele não era um dia comum, e quando o fizera já estava a caminho do banheiro. Suspirando contente, ele se deixou mansamente retornar para a cama, onde mergulhou em um sono limpo e tranquilo.

Agora, devidamente acordado, Tae encarou a janela lá fora. Sem o usual barulho de Yoo Ra e as constantes discussões de seus pais sobre qualquer coisa boba, o mundo parecia absolutamente tranquilo, o céu nublado refletindo a neutralidade emocional de si mesmo.

Era um jeito engraçado de responder ao nervosismo. Apenas ficar calmo demais, como se seu próprio coração tivesse resolvido abster-se na intensidade de suas batidas. Quase melancólico se analisasse. Melancólico e extasiante, mas absolutamente distante de algo como tristeza. De fato, era um sorriso brilhante que estampava seu rosto quando cumprimentou a família, já reunida à mesa. Todos eles estariam lá quando a hora chegasse, assistindo-o. Yoo Ra lhe mostrava feliz os cartazes que havia confeccionado com o irmão mais velho. Palavras de incentivo a si e Minnie juntamente de pequenos desenhos adornando as letras coloridas e caprichosamente pintadas.

Ainda havia um longo dia pela frente. Mas aquele era sem dúvida o melhor jeito de começar.

----


Gritos agitados preenchiam o quarto.  O moreno, àquela altura já longe de casa e muito mais próximo de sua apresentação, encontrava-se diante do próprio reflexo risonho enquanto seus olhos buscavam as duas mulheres atrás de si, enfurnadas em uma discussão aparentemente infinita sobre qual seria a paleta de cores mais apropriada a ser utilizada em seu rosto. Tentara alegar, dez minutos atrás, que embora fossem utilizar uma boa quantidade de produto, aquilo praticamente não seria visível. Mas no momento em que um pincel voou na parte de trás de sua cabeça, ele soube que fora uma péssima ideia.

Sua amiga estava no cômodo ao lado, muito provavelmente cercada de diversas pessoas cuidando de sua aparência.  Ainda não havia tido a chance de conversar com ela pessoalmente, tendo-a visto por breves segundos após chegar. Trocaram algumas mensagens pela manhã, mas em algum momento seu celular parecera ganhar vida, vibrando e tocando a todo o instante, obrigando-o a desliga-lo. Esperava poder vê-la assim que finalmente as duas mulheres chegassem a um acordo sobre o que fazer consigo.

Apesar de discutirem a todo tempo, suas noonas trabalhavam bem e rapidamente. Após começarem o processo, Tae viu sua própria figura pálida e sonolenta ser substituída por uma versão muito mais elaborada. Seu cabelo foi deixado em uma estrutura similar ao natural, embora as ondas estivessem muito mais suaves e harmoniosas. De alguma forma o rosto tipicamente alegre se tornara misterioso e sério, tal impassibilidade quebrada em alguns momentos com um sorriso cheio de significados. Mesmo sua postura comumente relaxada tornara-se elegante, ereta e estranhamente felina.

- Bom te ver, Yang. – murmurou baixinho, saudando o mar profundo que era aquele pedaço de si.

Quando de fato o moreno pôde encontrar So Min, ambos já estavam devidamente vestidos, prontos para partir. A equipe como um todo exibia fortes ares de nervosismo expressos das mais diversas maneiras, e o próprio Tae precisava admitir que seu rosto dolorosamente ardido não eram um indicativo de grande plenitude interior. Entretanto, recusava-se a deixar aquilo tomar grandes proporções. Decidido a distrair-se, ele buscou a menina ao que adentrou no carro, encontrando-a no último banco. TaeYang sorriu para ela, fitando-a por alguns segundos enquanto atravessava a pequena extensão do veículo. Como esperado, seu figurino e maquiagem estavam impecáveis.

- Você está linda. – falou baixinho, tomando graciosamente o assento ao seu lado. Acenou levemente para o homem mais velho que acabara de tomar o lugar a frente deles. – Sente-se bem, hyung? É um grande dia! Não fique tão nervoso, uh? Ouvi dizer que haverá uma boa refeição depois do show. – encorajou-o, trocando mais algumas palavras com o mesmo. Cumprimentou as outras pessoas que entraram na minivan logo em seguida, sempre sorrindo e perguntando como estavam.

Assim que foi dada a partida e todos finalmente postaram-se adequadamente em seus lugares, ele retornou a atenção para Minnie. – Como passou o dia? Eu sinto muito não ter avisado que ia desligar o celular. – se desculpou baixinho, apertando muito levemente a mão alheia. Do prédio de sua empresa para a emissora não era longe; muito brevemente já estariam chegando ao seu destino.

O pensamento fez seu estômago repuxar-se em ardência. Tae deixou o ar escapar dos lábios, voltando a atenção para a janela. Se não fosse a quantidade generosa de maquiagem em seu rosto agora, provavelmente estaria corado como um pimentão rubro. Respirou fundo. Não havia muito o que dizer, realmente. Por anos os dois falaram sobre aquele dia, mesmo que parecesse um sonho distante. Mas agora, o momento estava ali, tão perto. Parecia uma espécie de sonho agridoce, onde o medo e a euforia se misturavam de forma homogênea.

Quando ele trouxe o olhar para dentro do carro novamente, So Min parecia tão perdida em pensamentos quando ele. Estaria ela nervosa? No que estava pensando?

Um sorriso tímido brotou em seus lábios, e ele tornou a encarar a paisagem familiar pela janela.
 
avatar
MixGroup from Akame Ent.
Idade :
19

Data de inscrição :
11/02/2018

Dinheiro :
‎₩ 264.184

Mensagens :
22

Imagem :

Ver perfil do usuário
Ficha do personagem
Nome Completo: Choi Tae Yang
Empresa a qual pertence: Akame Ent.
Grupo: Yin e Yang

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Mensagem por Cho So Min em Ter Mar 06, 2018 9:38 am


니 곁에 서면 난 Trouble Maker

Naquele dia em específico, a menina acordou sozinha no dormitório. Viu as mensagens do manager e suspirou baixo ao ir até a cozinha.

Não demorou para que ela atravessasse o pequeno local e tomasse um café da manhã que se resumia em duas bananas e um pequena caixinha de leite de soja com aveia e mel.

So Min decidiu praticar um pouco mais antes de banhar e ir até o local do prédio onde iriam se arrumar. Mas também não pôde demorar muito já que logo as mensagens do manager começaram a chegar.

[...]


Ela estava absorta, tentando não colapsar em ter que encarar uma multidão de pessoas. Mesmo que não fosse estar ali por eles. Ela sentia-se nervosa.

Tinha lido os comentários. Não era estúpida. Ela sabia o que estavam dizendo e, mesmo que ler aquilo não a afetasse, ouvir afetaria.

No entanto, podia sentir parte do nervosismo se dissolvendo um pouco enquanto vestia a roupa da apresentação e tinha o cabelo escovado.

Ouviu uma breve conversa das maquiadoras sobre as cores que seriam usadas no seu rosto.

No final, elas optaram por uma maquiagem mais suave nos olhos e lábios vermelhos.

Enquanto olhava a própria imagem sendo modificada no espelho, ela decidiu mandar uma mensagem para o maior. Sem obter resposta, ela apenas passou a observar a tela do aparelho que vez ou outra se acendia e mostrava uma notificação de comentários em suas fotos, citações de tweets e qualquer coisa do gênero.

Ainda assim, não podia deixar de imergir nas coisas que mais a assombravam. E se ela falhasse? E se não fossem o sucesso que a empresa esperasse? Já haviam sido advertidos de que o conceito seria polêmico. Mas que esse era o trunfo. Por mais que as pessoas criticassem, esse tipo de coisa atraía popularidade de uma forma ou outra.

Foi conduzida até a van e precisou reprimir o impulso de morder o lábio com o nervosismo.

A menina colocou o pequeno cobertor sobre as pernas e apenas aguardou que os outros membros da equipe chegassem.

Obrigada. ㅡ murmurou para o amigo, sorrindo suavemente. ㅡ Gostei da roupa... e da maquiagem. ㅡ comentou gentilmente, mas logo acabou mergulhado de novo no próprio mundo. Estava completamente desconfortável com tanta pele exposta e podia apostar que suas bochechas estavam completamente vermelhas.

Meu dia foi normal, uhum. Eu entendo porque o desligou. Mas acho que vamos ter de aprender a tirar somente as notificações. ㅡ mostrou o visor do próprio aparelho para o mais velho.

Segurando na mão do amigo, não demorou para que ela relaxasse um pouco, deitou a cabeça no ombro do maior e ficou olhando as outras pessoas e a paisagem através dos vidros. Tentou se focar no esforço que fizera até ali e no fato de que estaria dançando. E nada dava errado quando ela dançava.

Deixou-se viajar pelos dias árduos de trainee e suspirou baixo ao que notou a parada do veículo. ㅡ Boa sorte para nós.

avatar
MixGroup from Akame Ent.
Idade :
19

Data de inscrição :
11/02/2018

Dinheiro :
‎₩ 1.750.222

Mensagens :
69

Imagem :

Ver perfil do usuário
Ficha do personagem
Nome Completo: Cho So Min
Empresa a qual pertence: Akame Ent.
Grupo: YinYang https://k-avatars.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Mensagem por Choi Tae Yang em Seg Mar 12, 2018 8:06 pm

 
- Boa sorte.   – ecoou, soltando-a e esperando pacientemente que todos deixassem o veículo.

Não seriam os primeiros do dia, de acordo com a programação. Entre as trocas de cenário e posicionamento dos artistas, a dupla ainda teria de esperar um tempo. O qual, ele sabia, passaria em uma velocidade vertiginosa. O ardor em seu estômago se instalou como um pequeno e constante aviso do quão importante era aquele momento em sua vida. Não apenas pelo que representava, mas também pela pressão e expectativas colocadas sobre seu desempenho.

Ele nunca havia falhado antes, nas horas derradeiras. Nem uma única vez. Esperava que aquele dia não fosse diferente.

Familiarizado com o prédio da emissora, Tae seguiu a equipe para a área comum onde deveriam aguardar. Havia uma quantidade considerável de idols já presentes no local, sendo facilmente diferenciados dos demais funcionários pela extravagância de seus visuais. Ele não pôde deixar de notar alguns rostos conhecidos, pessoas que o inspiravam. Sempre simpático, sorria, reverenciava e cumprimentava todos pelo que passava. De alguma forma, manter-se falante o ajudava a relaxar.

- Eu precisei desligar por conta da quantidade de ligações e mensagens de texto.  - explicou para So Min, retirando o celular do bolso. Combinou com a família de os encontrar por um breve momento antes de apresentar-se, mas não estava certo de onde estariam. – Minha família inteira subitamente ficou muito interessada em me congratular.   – riu consigo, visualizando a tela do aparelho. Se não tivesse desligado as notificações de seus aplicativos, estaria impossível de utilizar agora.

-  Você viu o que andam comentando?  – questionou a ela, sentando-se em uma cadeira. A pergunta era praticamente retórica; tinha certeza de que a morena estava ciente da grande movimentação virtual a respeito de ambos, suficiente para garantir que uma quantidade considerável de atenção fosse direcionada a eles naquela noite. –  A equipe de marketing fez um ótimo trabalho. Metade das pessoas estão escandalizadas, e a outra metade acha que somos muito legais.   – bufou levemente. – Se eles me conhecessem de verdade, saberiam que eu não consigo nem flertar com uma garota sem engasgar ou fazer algum tipo de idiotice. E essa versão de mim com certeza não é interessante para ninguém.   – acrescentou, baixinho. Tae Yang era um pesadelo com mulheres. Apostava que só iria arrumar uma namorada aos trinta, se conseguisse. Era provável que Yoo Ra casasse primeiro do que ele.

A irmã, como se lesse seus pensamentos, enviou uma mensagem naquele momento. –  Ya!   – exclamou alto, pedindo desculpas em seguida, visto que muitos olhos se direcionaram ao local onde estava. – Eles já estão aqui! – exibiu para a menor a foto da irmã segurando um dos cartazes que fizera. – Até mesmo minha família em Londres vai nos assistir pela televisão.  – explicou, com um amplo sorriso, tornando a digitar algo. –  Eles virão quando o programa acabar.   – leu na tela. – Meus pais tem um presente para você. E eu não devo lhe contar isso. Ah...  – comprimiu os lábios. – Bem. Finja surpresa, sim? – piscou para So Min, recostando-se no assento.

Sentindo-se mais animado do que antes, o rapaz debulhou-se em suas conversas, agradecendo a todas as mensagens de apoio de seus conhecidos. Honestamente, Tae jamais poderia lhes agradecer o suficiente.

------------

Permaneceu quieto durante todo o tempo restante, obedientemente seguindo a quaisquer ordens que lhe fossem dirigidas. Apesar de achar que seu visual já estava bastante satisfatório, a dupla dinâmica e briguenta discordava, fazendo dezenas de pequenas alterações – “alterações” – em si. Ele não achava, por exemplo, que a posição das ondas nas laterais de sua cabeça fossem importar de fato, mas manteve o pensamento emudecido. Um olho roxo significaria mais um longo tempo na mesa de maquiagem, e ele não tinha certeza de que estava pronto para enfrentar isso. Após suas noonas finalmente o soltarem, e todos os equipamentos e som lhe estivessem devidamente afixados, lhe fora anunciado com um perfeito timing que muito em breve seriam os próximos a iniciar as gravações.

O moreno deixou o ar quente dançar para fora de seus lábios à medida que permitia-se imergir na história que ali seria contada. Mentalizando pelo que parecia a milionésima vez os movimentos de seu corpo somado da música, ele se deixou mais uma vez imergir dentro do personagem.

O comando. Acenos. Apertos em seus ombros. Respire.

Yang caminhou calma e confiantemente até o interior do estúdio.

 
avatar
MixGroup from Akame Ent.
Idade :
19

Data de inscrição :
11/02/2018

Dinheiro :
‎₩ 264.184

Mensagens :
22

Imagem :

Ver perfil do usuário
Ficha do personagem
Nome Completo: Choi Tae Yang
Empresa a qual pertence: Akame Ent.
Grupo: Yin e Yang

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Mensagem por Cho So Min em Dom Mar 18, 2018 1:22 pm


니 곁에 서면 난 Trouble Maker

So Min foi quase uma das últimas a descer da van. Olhava ao redor, para as pessoas que pareciam curiosas sobre os artistas do dia e os esperavam para tirar fotos, gritar frases de apoio e coisas do tipo.

Por mais que seu estômago estivesse se retorcendo em nós, ela acenou com um educado e singelo sorriso nos lábios tingidos. A manta que antes cobria suas pernas agora estava enrolada ao redor da cintura e cobria boa parte da pele exposta.

Yin seguiu os funcionários pelo prédio da emissora, mantendo-se perto o suficiente do amigo, mas evitando qualquer contato físico já que havia uma multidão tirando fotos e que certamente esperava qualquer deslize seu para lançar os rumores de que eles eram um casal.

Pensar naquilo a fez querer correr para o banheiro. A personagem estilo femme fatale estava, definitivamente, bem longe de ser o que Cho era. Portanto, ela precisou reunir toda sua coragem para aceitar aquele papel sedutor.

Ouviu o amigo com atenção, assentindo vez ou outra. – Bem, não é surpresa que sua família esteja empolgada. Omma, appa e Junggie estarão aqui também. Omma até tinha dito sobre encontrar sua família para ficarem juntos. – disse em tom suficiente para se fazer ser ouvida pelo amigo. Mordeu a parte interna da bochecha.

Observar aquela movimentação toda, ser tocada quase o tempo todo para que pudessem conferir a maquiagem e até mesmo ser direcionada de um lado para o outro quando, na verdade, sabia que já estava exatamente onde deveria estar, a estava deixando irritadiça. Só conseguia pensar consigo mesma que não queria, não podia e não deveria falhar.

Riu um pouco. – Claro que vi o que estão comentando. Achei... genial a jogada de preferirem você em um boy group. – deu de ombros, comprimindo os lábios para segurar o riso. Ela apenas abraçou a própria cintura e encolheu os ombros. – Bem, a So Min também não é interessante para ninguém. Mas Yin é uma garota suja. Dessas que os caras xingam pelas costas e fazem obscenidades quando estão sozinhos... isso é injusto, sabia?

Ela arqueou as sobrancelhas. – Um presente? Oh... certo. Posso fingir surpresa! – assentiu algumas vezes, sorrindo para o amigo antes de ver, novamente, a moça da maquiagem se aproximar.

[...]


Quando chegou o momento, So Min apenas engoliu seco. Havia se hidratado pouco tempo antes para garantir um melhor desempenho. Também havia, discretamente, tentado os movimentos que lhe exigiam maior agilidade e flexibilidade. Tudo parecia pronto. Então, quando chegou o momento, So Min entrou e se posicionou no palco do estúdio.

Estava tudo escuro. E então um holofote brilhou acima de sua cabeça. Era hora do show.

avatar
MixGroup from Akame Ent.
Idade :
19

Data de inscrição :
11/02/2018

Dinheiro :
‎₩ 1.750.222

Mensagens :
69

Imagem :

Ver perfil do usuário
Ficha do personagem
Nome Completo: Cho So Min
Empresa a qual pertence: Akame Ent.
Grupo: YinYang https://k-avatars.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Mensagem por Choi Tae Yang em Sex Abr 20, 2018 5:41 pm

Como se jamais tivesse deixado o calor de sua cama pela manhã, Tae se sente em absoluta paz.

O invés de aprofundar-se em incertezas e na nebulosidade nervosa que o espreitava, o moreno busca dentro de si as motivações de seu personagem, a fim de mais uma vez incorporá-lo. A princípio, muitos meses antes dali este fora um processo inegavelmente dispendioso. Achar algo com que pudesse se relacionar a ele, uma maneira de encontra-lo. A princípio, não havia nada. Não havia como ser. Yang era uma criatura da qual se falava e estudava, mas não podia ser mais impessoal. Um nome, apenas.

As primeiras notas de piano soam dentro do estúdio. Silêncio. A equipe já está posicionada, e So Min se encontra exatamente no local onde a luz alva incidirá, revelando-a. Ele não pode vê-la agora, uma vez que se encontra atrás de duas portas, as quais virão a deslizar para apenas então, também, apresenta-lo. Um toque dramático e misterioso. Enquanto Yin estará iluminada, a primeira visão de Yang será apenas sua silhueta.

Já posicionado, ele mantém a destra erguida, o braço mantido na altura do ombro, e o antebraço erguido, com a mão ligeiramente inclinada para trás. O joelho do mesmo lado, volta-se para a esquerda, posicionado de forma que apenas uma parte de seu pé toque o chão. Seu lado esquerdo encontra-se contido, com a mão apenas repousando desinteressadamente no bolso, e a face voltada também à esquerda. Há bastante fumaça envolvendo-o.

A medida em que as portas se abrem, abaixa o braço erguido, girando o antebraço para a direita, acompanhado de um estalo de dedos, seu rosto seguindo esta direção para depois retornar à direita e por fim de frente, na direção do público, exatamente no momento em que começa a cantar:

Ni nuneul bomyeon nan Trouble Maker


Enquanto o faz, Yang sai de trás das divisórias, encarando a morena que vem em sua direção. Quando já estão perto o suficiente, ele oferece a canhota para a mesma, a qual é rapidamente segura. A destra repousa altura de sua própria cintura, segurando a fivela do cinto. No momento em que a linha alheia termina, posiciona-se de forma que ambos joelhos estejam virados na direção dela, o pé direito se erguendo para que ela possa ali em sua coxa apoiar o salto. Move seu quadril em sincronia ao dela, embora mais delicadamente.


Jogeumssik deo deo deo


Mantém o canto sem dificuldades. Haverá o apoio de autotune em algumas partes específicas, mas a maior parte da apresentação terá captação em momento real de suas vozes. No momento em que Yin se vira de costas para si, ele repousa a palma da mão direita em suas costas, deslizando um pouco em sua extensão ao que ‘empurra’ sua coluna para a frente. Em seguida, afastam-se, mas sem soltar as mãos que haviam se unido há poucos momentos atrás, um de costas para o outro e de lado para o público. Enquanto sua perna direita encontra-se ereta, a esquerda está dobrada, com o joelho pronunciado para frente.


Ijen nae mameul nado eojjeol su


Ao final da linha conjunta, solta-a, caminhando um pequeno semicírculo para frente e posicionando-se atrás da garota. O refrão se inicia, onde os dois somarão vozes para fazê-lo.


Niga nareul itji motage


Em decorrência à aceleração do ritmo, também a coreografia passa a dar-se mais rápido, com uma sincronia perfeita entre ambos, dado os incansáveis e intermináveis treinamentos. Ao soar dos primeiros momentos daquela parte da música, ele tem a perna direta cruzada frente da esquerda, ao mesmo momento em que a palma esquerda realiza um movimento descendente, em seguida sendo levada ao peito pouco abaixo do ombro de sentido oposto. No mesmo momento, seguindo o exato compasso da canção, desfaz o cruzamento de pernas, abrindo-a, o lado esquerdo relaxado, e o direito ligeiramente contraído, levando seu corpo a uma posição inclinada. Ao cantarem “motage”, a mão que estava repousada sob seu peito é levada na direção direita, onde toca ligeiramente a lateral de sua cabeça, para no fim da última sílaba realizar um giro para frente, os dedos apontando para fora, lateralmente e ainda no mesmo lado.


Jakku ni apeseo tto



Joga a mão para baixo, e depois ergue novamente, dessa vez os dedos apontando diretamente para fora do palco. Com ambos joelhos virados para a direita, balança o quadril por três vezes, colocando a destra no topo da coxa alheia ao segundo movimento pélvico.


Ni mam jakku naega heundeureo


Com a perna direita, realiza um pequeno movimento “para dentro” com o joelho e faz uma rápida troca com as pernas, na qual a destra assume o lugar e a postura da canhota, e todo o seu corpo vai para a esquerda de Yin. O movimento é realizado com ambas mãos sobre a cintura da mesma.


Beoseonal su eopdorok


No momento em que a parceira se vira lateralmente ao público, à direita, Yang torna a passar para este lado, acompanhando-a com um abrir de pernas, a direita estando contraída, e a esquerda relaxada. A mão esquerda encontra suas costas, dessa vez em um deslizar maior, a palma parando um pouco antes da base da coluna.


Ni ipsureul tto humchigo meolli daranabeoryeo


Tornando a deslizar para a esquerda, o moreno apoia a destra na lateral do corpo dela, um pouco abaixo da axila, enquanto a canhota segura gentilmente sua mão esticada. Com um meio sorriso no rosto e os olhos famintos em sua direção, leva o rosto na direção do dela, parando muito próximo, e se afastando no exato momento em que ela o “rejeita”. No momento em que Yin precisa assumir sua nova posição, de costas para si, solta-a, ficando de frente para o público, e depois assumindo a pose oposta da morena, novamente de costas um para o outro.


Nan Trou a a a ble! Trouble! Trou! Trouble Maker!


A cada sílaba, fortemente pontuada, um movimento diferente. Primeiro, levou as mãos para frente do corpo, os antebraços inclinados um pouco mais de noventa graus, depois para baixo, e depois novamente para frente, agora com os punhos cerrados. Em seguida, suas mãos se recolhem sobre o peito, cruzadas, para em seguida deslizarem aos seus respectivos lados, e realizarem um movimento descendente sobre o próprio tronco. Nesse momento, toda a sua atenção, antes voltada unicamente para Yin e as câmeras, dá-se ao público. Ele pisca enquanto canta, o sorriso lateral novamente aparecendo, e o indicador apontado nessa direção.

Torna-se a voltar para a garota em um suave movimento de pernas, e desliza possessivamente os dedos pela lateral de seu corpo, os quais prosseguem até a metade da coxa alheia, que está erguida. Rapidamente trocam de posição, Yang de frente para o público, e Yin de costas. No momento em que cantam o último “Trouble Maker” da frase, ele repousa as mãos nas nádegas dela, e as retira rapidamente, guiando a destra para suas costas, as quais vão muito mais abaixo do que nas vezes anteriores, uma vez que lhe toca novamente a traseira.

No momento em que as mãos dela seguram seu pescoço, quando os assobios da música preenchem o ambiente, apoia-a agora no dorso com as palmas, se deixa inclinar sobre a perna esquerda, trazendo-a consigo para baixo, os olhos fixos aos seus. Quando torna a erguer-se, envolve-a em um abraço, mantendo um pouco da inclinação anterior.


Trouble Maker!

Trouble Maker!


Yin deixa-o, caminhando para trás de si. Yang toca delicadamente a fronte com os dedos direitos, enquanto a canhota torna a segurar a fivela do cinto. Com as pernas um pouco afastadas, ele gira o quadril lentamente. Levando, ao fim do giro, a mão erguida para baixo, o joelho direito voltando-se para a direção oposta. Deslizando para a direita, executa um rápido cruzar de pernas, teatralmente erguendo e abaixando os antebraços. Utilizando-se do movimento de pernas anterior, gira sobre os pés, a destra erguida em um ângulo reto. Ao fim do giro, ele para diante do público, os braços erguendo-se muito mais alto. No rosto, mantém uma expressão risonha e completamente decidida, como se o palco fosse seu.

Assim que a voz da companheira anuncia seu rap, ele caminha decididamente para a lateral do palco, posicionando-se com ambas mãos sobre o cinto.


Galsurok gipi
Do ppajyodeuro
Alsurok niga
Do mame deuro Baby
Amuredo ni senggage chwihennabwa Lady
I never, never, never stop
Ou~


Cercado de quatro dançarinas – as quais lhe eram todas conhecidas, e bastante amigas – inicia seu verso liberando os braços ligeiramente para os lados, em seguida levando a destra em direção ao alto. Cantando com força, a pose felina evidencia-se ainda mais. No momento em que abaixa a destra, escorrega ligeiramente a canhota sobre as costas da garota abaixada na frente de si, e torna a trazer a mão para si mesmo, subindo pelo centro de seu abdome. Torna a repetir o movimento lateral com os braços, e gira com os punhos erguidos e cerrados. A música vai adquirindo maior agudez, que é segura firmemente pelo rapaz.

Expressando força, ele leva o punho direito para o lado, elevando a voz cada vez mais. As garotas se aproximam de si, e ele se deixa relaxar, sentindo suas mãos tocarem-no enquanto canta. A cada “never” pronunciado, elas soltam-no, seguindo seu próprio movimento de braços, como se as forçasse a deixa-lo. Após o falsete no final do verso, retorna ao centro do palco, juntando-se com Yin, e novamente executando os passos do refrão.


Niga nareul itji mothage
Jakku ni apeso tto
Ni mam jakku nega heundeuro
Bosonal su opdorok
Ni ipsureul tto humchigo
Molli daranaboryo
Nan Trou-ah-ah-ah-ble
Trouble
Trou! Trouble Maker!


Ao fim deste, junto com todos os dançarinos – os quais eram homens e mulheres -, executam conjuntamente a mesma sequência de movimentos, com a perna direita a um passo atrás da outra, os braços para baixo, e as mãos inclinadas para os lados. O joelho esquerdo move-se para a direita, os braços balançando no ritmo, depois ocorre uma troca de posição entre as pernas. Com o braço esquerdo às costas, e o direito estalando na frente do corpo, movimenta os pés um atrás do outro, girando os calcanhares.


Trouble Maker!

Trouble Maker!

Movendo-se lateralmente, estica a perna direita para a frente, as mãos nos quadris, fazendo em seguida um movimento de “onda” com o corpo, inclinado para trás. Passando para a frente – uma vez que se encontrava ligeiramente atrás dela – Yang assume novamente a dança, executando os mesmos movimentos do solo anterior, desta vez com os punhos erguidos e cerrados, com o aditivo dos dançarinos masculinos consigo, que realizam os mesmos movimentos.


Eottoke Nol ne mame
Damadul su inneunji


Dramaticamente deixa-se estar no meio do palco, aguardado pelo retorno da garota, e entoando seus versos, executando as notas agudas e os vibratos com muita eficiência. No momento em que Yin canta, ele estica o braço direito, recebendo-a com um giro para frente de si.


I never, never stop
Momchul su eobso

A luz alva se abre sobre eles, deixando todo o resto em penumbra. Yin vai para trás de si, e ele se vira, como se para vê-la, posicionando-se ao seu lado, de costas, a mão direita repousando sob o ombro esquerdo dela. Ao que a garota se abaixa, passa o mesmo braço sobre sua cabeça, e fica atrás dela, novamente virado para frente. Deixa a mão sobre os lábios alheios, soltando-a quando esta se abaixa. Toma um lugar ao seu lado, tocando-lhe a cintura ligeiramente, e se deixa estar enquanto Yin dança, tocando-o. Seus olhos acompanham-na durante todo o tempo, e quando ela novamente deixa o centro do palco, executa um elaborado movimento de pernas, os quais são finalizados no momento em que, de costas, ergue o punho destro cerrado para o alto, as pernas afastadas. No momento em que os últimos assobios aparecem, Yang se vira lentamente, caminhando para frente, os olhos presos à garota a qual está na sua frente, no chão. No momento em que ela se deita, abrindo os braços, ele executa o mesmo movimento.

**********


Com o fim da música e coreografia, e após soar a autorização de corte, Tae deixa-se relaxar um pouco, sob os aplausos ensurdecedores. Sua família está ali, em algum lugar na fileira da frente. Ele oferece imediatamente a mão para sua amiga, esforçando-se para não expressar tanta euforia quanto sente. No brevíssimo momento em que suas mãos se tocam, Tae aperta os dedos alheios gentilmente, como dizendo “Nós conseguimos!”.

Yang não é mais um ser distante. Conseguiu, por fim, evoca-lo, aprender a reconhece-lo em si mesmo. Luz, como era. Trevas, como era. O equilíbrio dos dois. Uma fortaleza aparentemente impenetrável, mas delicada em suas minúcias. Yang é parte de seu nome. Sua própria identidade.

Tae estava ansioso para saber que caminhos haveriam de trilhar agora.

Link do vídeo da apresentação: aqui

avatar
MixGroup from Akame Ent.
Idade :
19

Data de inscrição :
11/02/2018

Dinheiro :
‎₩ 264.184

Mensagens :
22

Imagem :

Ver perfil do usuário
Ficha do personagem
Nome Completo: Choi Tae Yang
Empresa a qual pertence: Akame Ent.
Grupo: Yin e Yang

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DEBUT STAGE] YinYang - Trouble Maker

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum